Província Santa Cruz - Franciscanos - OFM - Belo Horizonte, MG
Santo Franciscano do dia: Beato Herculano de Piegaro Beato Herculano de Piegaro

Sacerdote da Primeira Ordem Franciscana (1390-1451), com culto aprovado por Pio IX (29-03-1860).

Herculano nasceu em Piegaro, província de Perúsia, em 1390. Aos 20 anos ingressou na Ordem Franciscana, resolvido a imitar o Pobrezinho de Assis no ardor da caridade e no zelo apostólico. Teve como mestre espiritual o B. Alberto de Sarteano, o qual, com S. Bernardino de Sena, S. Tiago da Marca e S. João de Capistrano foram as colunas da Observância, aquele providencial movimento de regresso da Ordem dos Frades Menores à pureza genuína da regra. Consagrado sacerdote, exerceu o ministério da pregação percorrendo cidades e aldeias com grande proveito para as almas que se voltavam para Deus com uma prática mais perfeita da vida cristã. Um dos temas mais prediletos era o da Paixão de Cristo. Ao pregar em Áquila numa sexta-feira santa, descreveu com tanta vivacidade os sofrimentos de Cristo, que os fiéis não se puderam conter e desataram a chorar.

Depois de anunciar com fervor e veemência o evangelho, regressava aos conventos de retiro e solidão, e aí, em silêncio absoluto, oração assídua e penitência austera, recarregava o espírito. O seu alimento, além da Eucaristia, limitava-se muitas vezes a pão e água.

Em 1429 o seu ilustre mestre B. Alberto de Sarteano quis que ele fosse seu companheiro numa missão especial à Palestina, onde por determinação de Eugênio IV ia tomar posse dos lugares santos em nome da Ordem dos Frades Menores. A visita a esses lugares, santificados pela presença de Jesus, de Maria e dos apóstolos, deixou uma marca indelével no coração de Herculano. Passados poucos meses regressou à pátria completamente transformado, apto a empreender de novo as lides apostólicas.

Em 1430, quando pregava a quaresma na catedral de Luca, os florentinos puseram cerco à cidade. Herculano ofereceu-se como mediador da paz, interessou-se em socorrer os sitiados, e quando começaram a faltar víveres, conseguiu introduzir na cidade o indispensável para socorrer a população. Previu e anunciou com antecedência a retirada das forças inimigas e a vitória do povo de Luca. Como sinal de agradecimento, as autoridades da cidade cederam-lhe o convento de Pozzuolo. Construiu ainda outros conventos na Toscana, onde foi prudente e zeloso guardião.

Em 28 de Maio de 1451, com 61 anos de idade, adormeceu na paz do Senhor, que lhe confirmou a santidade com milagres realizados em vida e ocorridos junto ao túmulo.

Continue lendo...
Aniversariantes do dia:
Beato Herculano de Piegaro 29/05 Francisco Carvalho Neto
Próximos aniversários:
01/06 Ronaldo Dias do Val
07/06 Ivan Zacarias Rodrigues
07/06 Gustavo Junior Andrade Reis
09/06 Dario Campos
17/06 Marcos Alves Barroso
19/06 Jacir de Freitas Faria
20/06 Mário Rodrigues dos Reis
23/06 João Ricardo Teodoro
27/06 Donizete Afonso da Silva
27/06 Marco Antonio Abreu Lomar
Eventos
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Seth Comunicação